Senza Frontiere - Gen Rosso

 

Quem pode parar o vôo de gaivotas no céu?
Quem pode parar o ímpeto do mar?
Quem pode parar o vento?
Quem pode parar as nuvens do céu?

Se a natureza tivesse fronteiras
seria como uma porta fechada
seria uma águia sem asas
ou uma floresta sem um caminho.
Seria um campo que não tem grão,
um rio que não alcança o mar.

Mas a natureza não tem fronteiras
é tudo uma música para a liberdade
e em todos os cantos da terra
traz a impressão da unidade.

Quem vai parar o olhar espiando as estrelas?
Quem pode parar um pensamento livre?
Quem para a esperança?
Quem pode parar o amor no coração?

Se o nosso coração tem fronteiras
seria uma música sem notas
seria um fogo sem chama,
seria um céu sem estrelas.
Seria inverno sem verão
ou morte sem ressurreição.

Mas nosso coração não tem fronteiras
é a verdadeira canção da liberdade
é a esperança de um novo mundo
trazer a imagem da unidade.

E se a terra não tivesse fronteiras
seria um grande jardim em flor.
seria como um arco-íris
a verdadeira pérola da criação.
Seria tão bonito quanto uma mãe
seria imenso como o amor.

Nossa terra sem fronteiras
é uma esperança que será realidade
quando todo homem se sentir como um filho
de uma humanidade.
Chi può fermare in cielo il volo dei gabbiani?
Chi può fermare l’impeto del mare?
Chi può fermare il vento?
Chi può fermare le nubi del cielo?

Se la natura avesse frontiere
sarebbe come un portone chiuso,
sarebbe un'aquila senza ali
o una foresta senza sentiero.
Sarebbe un campo che non ha grano,
un fiume che non arriva al mare.

Ma la natura non ha frontiere,
è tutta un canto alla libertà
e in ogni angolo della terra
porta l'impronta dell'unità.

Chi fermerà lo sguardo che scruta le stelle?
Chi può fermare un libero pensiero?
Chi ferma la speranza?
Chi può fermare l'amore nel cuore?

Se il nostro cuore avesse frontiere
sarebbe un canto senza note,
sarebbe un fuoco senza fiamma,
sarebbe un cielo senza stelle.
Sarebbe inverno senza estate
o morte senza risurrezione.

Ma il nostro cuore non ha frontiere,
è il vero canto della libertà,
è la speranza di un mondo nuovo,
porta l'immagine dell'unità.

E se la terra non avesse frontiere
sarebbe un grande giardino in fiore.
sarebbe come un arcobaleno,
la vera perla della creazione.
Sarebbe bella come una madre,
sarebbe immensa come l'amore.

La nostra Terra senza frontiere
è una speranza che sarà realtà
quando ogni uomo si sentirà figlio
di una sola umanità.
Who can stop the flight of seagulls in the sky?
Who can stop the onrush of the sea?
Who can stop the wind?
Who can stop the clouds of the sky?

If nature had frontiers
it would be like a closed door,
it would be an eagle without wings
or a forest without a path.
It would be a field that has no grain,
a river that does not reach the sea.

But nature has no borders,
it's all a song to freedom
and in every corner of the earth
brings the imprint of the unit.

Who will stop the gaze peering at the stars?
Who can stop a free thought?
Who stops hope?
Who can stop love in the heart?

If our heart has borders
it would be a song without notes,
it would be a flameless fire,
it would be a sky without stars.
It would be winter without summer
or death without resurrection.

But our heart has no borders,
it is the true song of freedom,
it is the hope of a new world,
bring the image of the unit.

And if the land had no borders
it would be a big garden in bloom.
it would be like a rainbow,
the true pearl of creation.
It would be as beautiful as a mother,
it would be immense like love.

Our land without borders
it is a hope that will be reality
when every man will feel like a son
of one humanity.